O Aumento do Uso do Chatbot Durante a Pandemia

Chatbot Durante a Pandemia

O Aumento do Uso do Chatbot Durante a Pandemia

Uma das principais tendências do mercado é a expansão do chatbot durante a pandemia. De acordo com um estudo da Inbenta, empresa especializada no uso da inteligência artificial no autoatendimento, o uso dos robôs para prestar informações aos clientes aumentou em 100% de fevereiro a março de 2020.

Esse número mostra que, logo no começo da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), houve um grande interesse dos consumidores em optar por uma ferramenta prática no fornecimento de dados valiosos sobre um produto ou serviço.

Neste artigo, vamos destacar aspectos que contribuíram para os chatbots alcançarem uma expansão notável recentemente. Confira!

Mais praticidade

Para evitar a contaminação pelo novo Coronavírus, o isolamento social se tornou uma medida bastante necessária. Além disso, representou uma mudança de hábitos na relação dos consumidores com as marcas.

É cada vez mais comum o uso de assistentes virtuais para obter informações que vão contribuir para avaliar se vale a pena ou não investir em um determinado item. Ao ser atendido por um chatbot, o cliente tem mais chances de receber respostas claras sobre a demanda.

Isso proporciona mais praticidade para a rotina do público-alvo, que terá menos trabalho para tomar a decisão sobre a compra. Quanto mais simples forem os procedimentos para finalizar a jornada, mais o consumidor estará satisfeito com a empresa.

Agilidade

O uso do chatbot durante a pandemia tem como um dos aspectos mais marcantes a rapidez no atendimento. Em muitos casos, as assistentes virtuais podem esclarecer pontos que ajudam o consumidor a tirar uma dúvida ou resolver um determinado problema.

É muito ruim para um cliente, por exemplo, ficar vários minutos esperando por um atendimento telefônico. Além disso, existe a possibilidade de o atendente não fornecer informações de acordo com as expectativas.

Essa situação torna a resolução da demanda mais lenta, o que irrita bastante a maioria das pessoas. Ao optar por um chatbot, é possível ter mais agilidade para concluir as tarefas, o que aumenta o nível de satisfação do público-alvo.

Disponibilidade

Mesmo com o isolamento social, a rotina de muitos trabalhadores se tornou bastante intensa. Afinal, o trabalho remoto e o cuidado com os filhos exigiram um grande esforço para conciliar as tarefas profissionais com as pessoais.

Em virtude disso, é importante para as empresas oferecerem alternativas de atendimento que extrapolem o famoso horário comercial. Assim, fica mais fácil colaborar para os clientes terem um canal disponível para tirar dúvidas no momento em que julgarem mais adequado.  

É imprescindível que uma companhia disponibilize um atendimento omnichannel com um elevado nível de disponibilidade. Essa postura mostra um comprometimento em suprir a demanda do público-alvo de forma plena, o que conta pontos valiosos para a fidelização.

Economia

Comprar pela internet não é sinônimo apenas de praticidade, mas também de economia em muitos casos. É comum encontrar na rede, mercadorias por um valor mais em conta do que num estabelecimento físico.

Esse aspecto também ajudou no crescimento do uso do chatbot durante a pandemia. Os consumidores querem contar com um atendimento de ponta e ofertas que realmente proporcionam um ótimo custo-benefício. E os assistentes virtuais ajudam a reduzir gastos nas empresas, o que possibilita diminuir os valores das mercadorias.

Se deseja aumentar o nível de competitividade da sua empresa, entre em contato conosco agora mesmo! Vamos mostrar como a tecnologia pode te ajudar a conquistar mais clientes!