Chatbots para o Setor de Cobranças

Chatbots para o Setor de Cobranças

Uma dos números que mais cresce nesses tempos de crise econômica é o da inadimplência. Pessoas perderam emprego, reduziram seu poder de compra e por consequência acumularam dívidas. Com isso, áreas de cobrança estão com uma demanda cada vez maior. Você, gestor, já pensou em investir mais em tecnologia? Já cogitou utilizar chatbots para o setor de cobranças?

Em agosto de 2019 a Mobile Time divulgou uma ampla pesquisa sobre chatbots. Eles entrevistaram 85 desenvolvedores de bots no Brasil, trazendo um panorama geral do mercado nacional. Entre as questões colocadas na pesquisa, uma pergunta capital: “Sua Empresa Desenvolve Bots para Quais Finalidades?”.

Conforme podemos observar no quadro abaixo, a função cobrança ainda está bem atrás do SAC e Vendas, setores onde os assistentes virtuais se popularizaram rapidamente. Mas a pesquisa aponta também que mais da metade das empresas desenvolvem chatbots para o setor de cobranças. Ou seja, empresas estão aderindo à solução para a melhoria dessa área que requer muitos cuidados.

Desafios do Setor de Cobrança

 

Naturalmente, por sua origem, o setor de cobranças enfrenta vários desafios. Para nosso artigo trouxemos três muito importantes:

Problemas de Relacionamento com o Cliente

Muitas vezes as empresas tratam seus clientes em débito de forma indelicada. É preciso entender que o cliente devedor pode vir a consumir novamente após a quitação. Ele é tão importante quanto um cliente com as contas em dia.

Manter um relacionamento saudável, tratar de forma profissional e entender que ele não pretendia chegar a essa situação é a forma correta de agir.

Baixo Índice de Solução

É preciso se posicionar ao lado do cliente nesse momento de dificuldade. Dar alternativas, flexibilizar o pagamento, oferecer parcelas mais em conta e estender prazos é muito importante para garantir que o consumidor volte a negociar e quite sua dívida.

Atendimento Mal Estruturado

Atendimento de qualidade é regra. Do contrário é impossível construir um bom relacionamento com o seu cliente. É preciso otimizar o atendimento, oferecendo diversos canais de comunicação para atender seu público consumidor. Ampliar as formas de fazer contato é aumentar as chances de uma renegociação.

Como Aplicar Chatbots para o Setor de Cobrança

 

Com base nos desafios do setor cobrança, conseguimos visualizar algumas formas de um assistente inteligente virtual auxiliar uma empresa. Um das habilidades do bot é ser capaz de conversar de forma inteligente, simplificada e personalizada. Isso na recuperação de crédito já é um grande avanço. Por ser uma situação um tanto constrangedora, utilizar uma solução artificial causa mais tranquilidade no usuário.

Com os chatbots é possível colocar ações em prática a partir do primeiro dia de inadimplência. A taxa de sucesso é muito maior quando o cliente é lembrado de seu débito rapidamente. Quanto mais antiga é a dívida, mais difícil é sua recuperação. O atendente virtual estimula o pagamento e ainda fica disponível para eventuais dúvidas ou necessidades.

As possibilidades de um chatbot são variadas, ele pode oferecer também diferentes formas de pagamento, nos mais variados canais. Ao identificar a data de vencimento do pagamento ele pode enviar lembretes através de e-mail, SMS ou WhatsApp. 

Possibilitar um atendimento para consultas, 24 horas por dia, é mais uma ótima opção para melhorar esse relacionamento com o cliente. O chatbot para o setor de cobrança vai estar sempre pronto para responder informações sobre boletos, pagamentos em atraso, formas de parcelamento e negociações.

____

O consumidor moderno está cada vez mais distante das formas clássicas de comunicação. Investir em tecnologia, apostar no uso de chatbots para o atendimento, são formas de aumentar a produtividade do setor de cobrança. Além, claro, da redução de custos proporcionada pela adoção de assistentes virtuais.

Gostaria de saber mais sobre o uso de chatbot no setor de cobrança? Entre em contato conosco.

Aqui na Aspinbots somos apaixonados pelo assunto.



WhatsApp chat